domingo, 18 de agosto de 2013

Por quê os elementais levam humanos para o seu mundo?

     Certamente você já se perguntou como é o mundo das fadas e muitas vezes desejou ir para esse Reino Encantado onde supostamente todos os seus habitantes vivem em perfeita e constante paz e harmonia, onde o sol reina absoluto, as flores cobrem os campos, as árvores são cheias de frutos saborosos...
  Mas e se você de repente fosse parar no mundo das fadas e descobrisse que lá é um lugar bem diferente dos contos infantis?
    Idealizamos demais as fadas e seu reino encantado e nos esquecemos que os contos originais eram sombrios e a maioria não tinha um final feliz como nos contos atuais.
   Os verdadeiros elementais são selvagens, toscos, esquisitos  e seguem seus instintos mais primitivos. Sua natureza animal é forte e percebemos isso em muitos de seus hábitos:

*Seu apetite insaciável e gula desmedida;
*Seu interesse sexual exagerado e necessidade desesperada de reproduzir-se, gerando novos seres (sendo muitos, híbridos);
*A necessidade de sempre defender seu território de outros seres elementais pertencentes a outros elementos e também dos seres humanos;
* A predileção por pessoas jovens, belas e saudáveis (perfeitas reprodutoras).

  Mas e quando uma pessoa não é suficientemente atraente para um ser elemental ou tem alguma doença incurável?

   Os Elementais sempre recusaram tudo que fosse imperfeito e feio. Quando seus filhos nasciam doentes e debilitados ou com qualquer defeito físico, eles logo encontravam uma maneira de se livrar daquele que "traria vergonha" a seu povo. E raptavam uma criança humana, deixando em seu lugar seu filho doente, que logo morreria ou se não morresse de nada serviria às fadas, a não ser enfear seu mundo, já que ele sequer serviria como um reprodutor, levando em consideração que ninguém iria querer uma noite de amor com o Shrek! Não. Todas as garotas prefeririam o "Legolas", o Garconer ou mesmo o "Frodo". Mas nunca o pobre, infeliz e monstrengo Shrek (desculpa Shrek, mas você não é nenhum Brad Pitt).
   Quando as fadas (no geral, todos os elementais e não apenas as fadas) levam um humano para seu reino, costuma ser para os seguintes fins:
*Reprodutor: Em geral, eles escolhem mulheres jovens, belas e sadias para procriarem com eles. Os elfos costumam levar mulheres para essa finalidade e as fadas ou ninfas os homens.
*Escravo: Quando a pessoa não é dito PERFEITA dentro dos padrões deles. Então essa pessoa serviria como um escravo ou criado. E em troca de trabalho pesado receberia um teto e comida. A vida para esse tipo de pessoa não seria nada fácil no Reino Encantado. A pessoa sempre pertenceria ao elemental que a levou (pelas leis das fadas, o elemental que leva um humano para o seu reino é responsável por este e deve tratar de cuidar dele, quer seja de um jeito bom ou de um jeito ruim.) até ser vendida para um outro elemental. Existem muitas lendas que falam de pessoas raptadas que serviram como escravas para as fadas. Muitas dessas pessoas eram artistas, músicos, escritores, dançarinos e poetas, que seriam obrigadas a usarem seus dons artísticos para entreter a realeza. Mas pessoas simples como parteiras, curandeiras e costureiras também podiam ser raptadas e servirem aos elementais.
 
*Escravo sexual: Creio que de todos os motivos que levam os elementais a levarem jovens humanos para seus reinos, este seja o mais perverso e assustador. Mas isso acontece muito, especialmente no Reino Élfico. Jovens (tanto mulheres quanto homens) atraentes, sensuais e quase sempre libidinosas (os) são raptadas (os) e forçadas (os) a se prostituírem em bares élficos. Não conheço o valor do dinheiro élfico, mas sei que um programa no mundo deles custa caro, especialmente se for com uma humana e eles pagam o que for para se divertirem com um humano (e acredite, eles nem ligam se é homem ou mulher, contanto que seja um humano). Antes que alguém aí saia correndo com as malas na mão pensando que este pode ser um bom negócio, aviso que apesar de serem extremamente lindos e atraentes, os elfos negros (frequentadores de bares ou tabernas) são super dotados (isso mesmo) e selvagens. Sem um mínimo de gentileza. Sem contar que às vezes, centauros ou sátiros podem aparecer nas tabernas élficas e estes sim, são brutos!
*Amor: Alguns seres tem coração e se apaixonam tanto por um humano que a única forma que encontram de ficarem com seu amor proibido é levando-o para seu reino. Claro que nem tudo é perfeito e cada ação tem uma consequência. Quando um elemental almeja levar um humano para seu reino, só existe três formas; a primeira seria levando a pessoa de corpo e tudo em um misterioso desaparecimento, isso com certeza, exigiria muito do elemental e poucos (com exceção das fadas) conseguem realizar a magia necessária para fazer um humano desaparecer desse mundo num piscar de olhos. A segunda forma seria através de um coma profundo quando a pessoa sofre algum acidente ou simplesmente dorme e não consegue mais acordar. Quando um elemental sombrio se vale dessa forma para levar um humano para seu reino, em geral, retorna todos os dias a esse mundo para drenar aos poucos a energia vital da pessoa inconsciente. E a terceira forma de levar um humano para seu reino, seria através da morte certa. Nesse caso, a pessoa se mataria para ficar com seu amante feérico ou o próprio elemental interessado em levar o ser humano em questão, tiraria sua vida. O assassinato pode variar de elemental para elemental. As ondinas ou sereias costumam levar humanos em afogamentos. As fadas por misteriosos desaparecimentos ou asfixia. Os elementais do fogo em incêndios. E os elfos e duendes (elementais da Terra) em acidentes fatais e trágicos.
   Se uma pessoa se mata ou concorda que outra a mata, é considerado suicídio. Quem entende alguma coisa sobre religião sabe que os suicidas vão para o inferno ou para o vale dos suicidas (segundo o Espiritismo). Outra coisa que aconteceria a uma pessoa que fosse embora com elementais é que a mesma não poderia reencarnar (para quem acredita em reencarnação) já que o espírito que a levou o fez por um ato de egoísmo (egoísmo porque ele não foi capaz de entender ou aceitar que todos nós seres humanos estamos nesse mundo com um propósito, uma missão divina que Deus escolheu especialmente para cada um de nós e quando desistimos da vida, estamos dizendo a Deus que não nos importamos com os planos que ele tem para gente e que desprezamos o sacrifício de Jesus pela humanidade) e assim sendo não permitira que a alma da qual tenha se apossado parta para uma nova vida. Claro que a alma é imortal e preciosa e assim sendo, algum anjo iria até o Reino Elemental buscar a alma rebelde e a levar para o destino o qual ela evitara. Haveria então uma punição para o elemental que reteve a alma e para a alma que se permitiu ser retida.

    Uma pessoa que lida diretamente com elementais, mesmo sem saber, já está marcada para ser levada para o reino elemental. Pessoas que comem ou bebem do que os elementais lhe oferecem, também estão condenadas. Pessoas que conhecem muito da vida dos elementais e seus segredos também estão marcadas porque é perigoso para eles que uma pessoa que saiba tanto sobre eles fique solta por aí, revelando seus segredos em livros e blogs...

      Existe uma regra muito respeitada no Mundo Dos Elementais; eles só podem levar um humano para seus reinos a cada sete anos. Isso deixa muita gente confusa porque as pessoas não entendem bem como isso funciona. Alguns acreditam que as fadas são obrigadas a pagar um tributo de sangue aos demônios a cada sete anos. Outros acham que um elemental só pode levar um humano conhecido para seu reino após sete anos. Depois de levar um humano, o elemental deveria esperar sete anos se passarem para então retornar a terra para levar um novo humano.

    Eu confesso que sou louca para conhecer o Reino Das Fadas, mas estou de olhos bem abertos para nãos ser enganada por nenhum elemental espertinho. E você?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...