quinta-feira, 27 de março de 2014

Fadas "dedos de luz", pequenas ladras aladas

Como se fosse uma criança de cinco anos e com a ponta dos dedos luminosos, assim se apresentam as fadinhas conhecidas como "dedos de luz". Dizem que são muito travessas e brincalhonas e que roubam os objetos entre risos. ...As atrai tudo o que reflete muita luz, como o ouro e os brilhantes. São muito rápidas, não há quem as veja quando estão roubando. Elas se desculpam de sua má fama dizendo que só tomam "emprestado", entretanto é bem conhecida a pouca memória dessas fadas, pois quando deveriam devolver o que tomaram "emprestado" é pouco provável que se lembrem onde guardaram o objeto.

São muito caprichosas e fazem o que podem para alcançar seus propósitos. Quando não conseguem ficam muito nervosas e seus dedos desprendem muitíssima luminosidade. Os homens conseguem vê-las quando estão nesse estado, por causa da luz que emitem. Alguns foram até queimados e inclusive atiram longe o objeto que elas desejam.

Muito poucas pessoas tem conseguido ter afinidade com os seres feéricos do fogo, porém dizem que quem conseguiu contatá-las obteve um grande poder. Sua amizade é poderosa e sua fidelidade inquebrável. Sua magia é uma das mais elevadas da natureza. O contato com as fadas do fogo nos concede força, valentia, coragem e paixão pela vida. Os seres do fogo são vigorosos e entusiastas; representam o instinto e a aventura que em parte significa a vida.


ROSANE VOLPATTO

http://aumagic.blogspot.pt/2013/08/fadas-dedo-de-luz.html


   Sonhei que uma dessas fadinhas vinha me visitar e fazia uma algazarra danada na minha casa. No sonho, ela apareceu a mim, junto com a mãe dela e elas se apresentaram com minhas "vizinhas" (só depois eu me liguei que fadas gostam de ser chamadas de Boas Vizinhas) e a fada mais jovem me mostrou um saco cheio de coisas que ela havia roubado de mim. Ela sentia orgulho de ter roubado tantas coisas. Eu me irritei e expulsei ela e a mãe dela de minha casa. A fadinha levada me pediu perdão e disse que devolveria as coisas que havia roubado de mim. Eu disse que ela podia ficar com as coisas, que eu não queria mais. Então, ela disse brincando que iria roubar outras coisas se eu não a deixasse entrar em casa. Eu tranquei todas as portas e da janela, lhe disse que era para ela ir embora e nunca mais voltar. Aborrecida, a fadinha virou de costas e enxugou algumas lágrimas na barra de seu vestido. Depois foi embora. E eu acordei!
  

6 comentários:

ϟ Viih-chan disse...

Ah, que legal! Foi chato isso ter acontecido, mas talvez possa surgir uma oportunidade pra tu se desculpar! É sempre bom pensar positivo, ou até mesmo ela perceba seu arrependimento.

FRANCISCO SILVA disse...

quinta-feira, 27 de março de 2014

A dança das fadas: Fadas "dedos de luz", pequenas ladras aladas
Boa noite amiga Primeiro gostaria de pedir desculpas por meu blog estar todo bagunçado. Conside que ainda estou aprendendo a mexer com esta ferramenta muito difícil mas toda dica é bem vinda. Quanto sua postagem de seu sonho por tratar mal as fadinhas que lhe roubava ou pegava emprestado seus objetos. Achei muito interessante isto demonstra que elas apesar de serem o que é existem um verdadeiro sentimento dentro delas. Quando voce tanto se esforçava para atrai-lo e as for magicas simples que as conquistou e depois voce manda ir embora . Fadas se apegam quando um coração se abre a elas com sinceridade e isto elas percebem melhor que humanos. Mas nao fique triste elas hão de voltar assim que voce mentalizar que os perdoa com certeza elas voltaram. Elas nao guardam odio e rancor por muito tempo igual fazem os humanos. Quem dera eu conseguir atrair uma . Um dia sei que também conseguirei .ah post mais que estarei te seguindo tenha uma boa noite e sonhe com as fadinhas do seu ♥ bjss

Daniele Araujo disse...

Obrigada Francisco. Você tem razão. Eu vou pedir desculpas a ela e esperar que ela entenda.
Também farei uma visita ao seu blog, amigo.
Beijos.

Daniele Araujo disse...

Tomara que ela entenda que durante o sonho, muitas pessoas não podem se controlar e às vezes fazem ou dizem coisas que não deveriam, Viih.
Um abraço, sua fofa!

Beatriz Lasmar disse...

Oi Daniele achei sua historia engraçada vou te contar uma q aconteceu comigo eu tinha um bloquinho q escrevia coisas engraçadas q aconteciam comigo e tinha tbm algumas anotações e desenhos feios q n queria mostrar para ninguém e certo dia perdi ele e n lembrava de jeito nenhum onde avia botado ele fiquei procurando feito doida por ele e toda vez q me escandalizava atrás dele tinha a sensação de ter alguém rindo de mim procurando e depois de uns dias desistir de procurar e encontrei o meu bloquinho em cima da escrivaninha e percebi q ou eu sou muito lerda e n vi ele ai o tempo todo q procurava ali ou poderia ser uma fada muito da sapeca e q gosta de pregar peças em mim pq isso estar acontecendo frequentemente e sempre escuto uma risada aguda

Daniele Araujo disse...

Beatriz, no meu caso, eu reviro o quarto de cabo a rabo. Arrasto mobílias, folheio livros, cavuco as terras dos vasos de plantas (vc se surpreenderia com os esconderijos que invento para esconder pequenos objetos que considero muito importantes), revisto até os ursos de pelúcia e nada! Por isso, vou encantar alguns objetos para que eles fiquem a prova de fadas. rsrs. Assim, se eles sumirem novamente, vou ter certeza de que foi um dos meus irmãos e não uma fadinha.

Vc escuta mesmo essa risada sinistra? #medo!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...