sexta-feira, 25 de abril de 2014

Um fado que se parecia com um hobbit

         Estou me esforçando ao máximo para estabelecer uma conexão estável com o povo das fadas. Não tem sido fácil. Os elfos sombrios tem dificultado em muito este contato com as fadas, por ciúmes. Mas, eu não desisto tão fácil assim. Se me disserem que eu não posso nadar contra a correnteza, eu sou capaz de morrer tentando só pra mostrar que eu posso fazer o que eu quiser, como eu quiser e quando eu quiser!
   Hoje, de manhã, eu estava um pouquinho triste porque as fadas não me visitaram mais. Então, ouvi uma voz me chamando. Dessa vez, não era uma das ninfas. Era uma voz masculina. Não reconheci como a voz de algum dos elfos que conheço. Parecia uma voz nova. Mas, eu não dei bola. Os elfos me enchem tanto o saco e me pregam tantas peças que eu acreditei que aquilo poderia ser obra deles. Ignorei aquela voz.
    Horas depois, eu desliguei o computador e me deitei para dormir. Estava muito cansada. Eu estava orando para as minhas deusas (Hécate, Dana e Badb) quando visualizei de repente um jovem homem loiro (semelhante ao Bilbo Bolseiro, só que ele era bem alto). Ele estava em uma  cozinha, sentado em um balcão de um armário vermelho. Havia um outro cômodo bem ao lado da cozinha, repleto de armários (aqueles de cozinha, embora, eles fossem bem estranhos). Este jovem, inclusive, estava vestido como o Bilbo Bolseiro. O curioso é que, dos personagens de O Hobbit e o Senhor Dos Anéis, os únicos que realmente chamam a minha intenção são  Frodo, o Aragorn, Galadriel, Arwen e Legolas. Nunca liguei muito para o Bilbo (mesmo ele sendo um gatinho em o Hobbit).
   Este elemental olhou para mim e me perguntou:
- Vai me ajudar? - Sua voz parecia ter vindo não de dentro da minha cabeça, mas do quarto, como se ele estivesse do lado da minha cama. Talvez, eu tivesse visto ele se não dormisse sempre com a cabeça coberta.
  Eu achei aquilo estranho. Não fazia sentido. Ajudar? Ajudar no quê? Só podia ser a minha imaginação. Então, ignorei ele e continuei orando para a deusa Dana. Ele não desistiu. E a visualização pareceu mais clara, como se ele quisesse me mostrar que aquilo era real. Então, ele perguntou mais uma vez:
- Vai me ajudar? - Dessa vez, sua voz soou ansiosa. Ele me encarou, esperando uma resposta.
   Eu nunca fiquei tão confusa, surpresa e curiosa como fiquei.
Perguntei a ele:
- Ajudar como? No quê? - Me senti ridícula fazendo aquela pergunta. Por que eu estava falando com um cara na minha mente?
  Ele apenas apontou a cabeça na direção dos armários.
Eu ainda não entendi (ok. Eu sei que sou lenta) e perguntei se ele queria que eu ajudasse ele a arrumar a cozinha.
  Senti o maldito do Alfie (aquele elfo chato) se agitar na minha cama. Sempre que ele faz isso é porque está bravo. E eu sabia bem o que o havia deixado assim. No mesmo instante, o elemental sumiu da minha mente. Eu fiquei  tão pê da vida que se eu pudesse ver Alfie ou pelo menos tocá-lo enquanto ele está nessa dimensão, eu o teria enforcado! Não é a primeira vez que ele expulsa um elemental que se aproxima de mim.
   Antes de adormecer, eu tive alguns flashes relacionados ao elemental que falara comigo há pouco. Primeiro, vi uma travessa cheia de framboesas enormes. Depois vi o teto de um cômodo. Aí, vi um vaso com uma flor semelhante a jasmim. Também, vi um povo estranho em um gramado imenso. Eram mulheres que usavam vestidos verdes, aventais brancos e chapéus estranhos (nunca vi chapéus mais estranhos). Elas estavam segurando cestas de palha. Haviam frutas nas cestas (se não me engano). Haviam crianças brincando com brinquedos estranhos. Toda aquela gente parecia feliz. Todos sorriam para mim. Embora, não me dissesse nem uma palavra. 
   O fascinante disso tudo é que as imagens eram muito vívidas.  Não poderia ter imaginado aquilo porque não imagino as fadas usando roupas antigas. Me lembrei dos gnomos. Mas estes seres eram muito altos e elegantes para serem gnomos. Também não poderiam ter sido elfos porque conheço bem os elfos. Provavelmente, eram fadas e fados. Espero que eles voltem novamente. Gostei muito de conhecê-los.
  O que vocês acham queridos leitores? Será que ele me pediu framboesas, indiretamente ou ele estava me oferecendo? Estou tão extasiada que nem consigo pensar direito e tirar esse sorriso idiota da minha cara. RsRs.
Ah, quase ia esquecendo de dizer, na noite anterior, meu irmão Thiago viu um tipo de esfera vermelha média, que parecia um grupo de borboletas na janela da sala. Ele ficou surpreso e confuso. Eu mais ainda, porque nunca ouvi falar em borboletas vermelhas. O que será que era isso?

Beijinhos!

7 comentários:

summer chanel deveron disse...

Olá, leio seu blog há um bom tempo e te admiro muito!! Você sabe muito sobre fadas e outros elementais, Pode me ajudar? é que quero customizar uma Barbie fada, mas não faço ideia de como elas se vestem, se usam materiais como folhas e fibras naturais, ou se usam tecidos, um post sobre isso seria bem legal!!
;)

Daniele Araujo disse...

Oi Summer?
As fadas de estatura humana se vestem de forma semelhante às humanas.
As fadinhas da flores fazem suas roupas com folhas e flores como nos filmes da Tinker Bell.
Eu sugiro que você se inspire nos filmes de Tinker Bell, porque os looks são mais originais.

Laura Ferreira disse...

Oii Danii td bem ? haha eu aqui de novo te enchendo rsrs , que experiência mais linda q vc teve :) parabéns haha
Bom queria te perguntar se há alguma forma de eu me comunicar com "algum" elemental pois nunca nunca mesmo nem em meditação ( me condeno muiiito por isso pois nao consigo me concentrar para meditar ou fazer algum tipo de hipnose ou algo do tipo) fazer nenhum tipo de contato com nenhum elental :'( entao queria q vc me ajuda-se se nao for muito incomodo a fazer alguem tipo de contato com qualquer um elemental ...
estudo sobre as fadas desde os 11 anos .. as criancas brincavam e enquanto isso eu estava escrevendo tudo oq sabia das fadas ... mais nem nesse tempo eu tive um contato ....
Bom dani desculpa mesmo ficar perguntando varias coisas a cada post kkk Obg

maria eduarda silva lopes disse...

nossa que sorte,uma fada so se cominico (esqueci como escrever :()comigo quando eu estava numa arvore o momento foi magico mas meus pais estragaram humpf :( e algumas vezes nos meus sonhos mas pararam fiquei tão triste e ainda to nada agianta elas não voltão aff deve ter sido algums elementais que sorte de novo :)

summer chanel deveron disse...

Obrigado Daniele, realmente eu havia pensado em Tinker Bell, mas não faço ideia de como costurar folhas e flores, mesmo assim muito obrigado!!!

Daniele Araujo disse...

E que tal usar cola (escolar)? Ou então, vc poderia tentar fazer as peças em E.V.A . Ficariam lindas, Summer.

Daniele Araujo disse...

Laura, não é nenhum incômodo responder a suas perguntas. Acho bom o seu interesse. Mostra que vc é uma garota que gosta de aprender sempre mais.
Bem, já que vc não consegue mesmo se concentrar, então tente acender incensos ou velas e deixar alguma oferenda para as fadas. Tente deixar as suas oferendas sempre no mesmo lugar. Isso funcionou para mim! Mas vc precisa escolher um lugar que reunirá um determinado tipo de energia. Funcionará mais ou menos como um altar. Por isso, escolha esse local cuidado. Não importa se é um espacinho na sua estante ou um cantinho no jardim. Sempre que quiser, contatar as fadas, vá nesse mesmo local. Deixe suas oferendas e diga as fadas que vc deseja ser amiga delas e que elas são bem-vindas em sua casa. Quanto mais vc fizer isso, mais energia boa vai reunir naquele lugar. E quando a energia se intensificar, um portal estará aberto e as fadas poderão vir até vc. Parece muito simples , mas funciona mesmo. Só precisa ter paciência.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...