quarta-feira, 9 de julho de 2014

Os elementais descendem dos anjos

 Em um dos posts anteriores, eu devo tê-los deixado um tanto quanto confusos ao afirmar que os elementais eram anjos caídos e, que alguns deles foram criados por outros anjos caídos. Eu sei que, esse assunto tão controverso intriga e fascina muitas pessoas. Por isso, acho muito importante tratarmos dele aqui. Para quem está estudando sobre elementais, esse vai ser um "prato" e tanto!
Então, vamos lá!

  Há muito (mas muito tempo mesmo) atrás, no início dos tempos, houve várias rebeliões no céu. Os anjos não são tão tapados quando imaginamos e, questionaram Deus. Eles acharam muito injusto que nós, seres recém criados (e pecadores) tivéssemos um paraíso (a Terra) só nosso, onde pudéssemos fazer qualquer coisa - sexo, guerra, etc - quando e como quiséssemos. Isso deveria ser uma recompensa aos anjos que sempre foram obedientes e leais a seu Criador. Ao contrário do que muitos imaginam, os anjos não vivem de boa, tocando harpa ou tirando uma soneca em nuvens de algodão. Deus os criou com o único propósito de servi-lo. Antes de nossa existência, com certeza, não havia muita coisa que Deus quisesse que os anjos fizessem por ele. E todos viviam felizes como uma grande família. Até Deus enjoar daquele mundinho perfeito, povoado por criaturas perfeitas e criar um novo mundo e novos seres (os humanos). Essa parte é meio confusa porque Deus criou o mundo, certo? Mas eu li alguns textos que dizem que ele deixou Adão e Lilith (substituída mais tarde por Eva) no Jardim  Do Éden. Aí eu me perco porque se ele havia criado a Terra, por que então deixar o "Joãozinho" e a "Maria" no Paraíso? Começo a pensar que ele queria mesmo que Eva comesse a maldita maçã. Mas vamos nos aprofundar sobre isso, em outra ocasião. O fato é que, quando Deus criou os humanos, despertou a ira, o ciúme e a inveja de muitos anjos. Lúcifer foi o primeiro a se rebelar e a persuadir outros anjos a seguirem-no. Deus pediu gentilmente aos anjos rebeldes que escolhessem: Ou seguiriam as regras sem questionar ou davam no pé. Eles ficaram revoltados e armaram uma guerra, com o intuito de destronar Deus. Foi Miguel quem venceu Lúcifer e chutou seu traseiro para fora. Lúcifer foi trancafiado no Inferno junto aos seus anjos rebeldes.
   Lilith, a primeira mulher (antes de Eva) teve vários problemas "conjugais" com Adão, que era um idiota machista e sempre queria estar "por cima" em tudo, inclusive, durante as relações sexuais. A última palavra sempre era dele e Lilith tinha de aceitar tudo calada. Mas, um dia, ela cansou de ser desvalorizada e decidiu que poria um fim naquela injustiça. Afinal, ela fora criada do mesmo barro que Adão. Por isso, os dois eram iguais. Nenhum era melhor que o outro. Deus (que nunca soube como lidar com os humanos e, constantemente se envolvia em coisas que não eram de sua conta, como a intimidade de um casal) se meteu na confusão e pediu a três anjos que fossem resolver a parada. E sendo os anjos tão meigos, dóceis e compreensivos, eles ouviram a versão de Adão e depois a de Lilith. O correto seria eles disserem algo do tipo:
- Adão, não seja bobo! Essa mina é uma loucura. Deixe-a te dominar uma vez ou outra. Experimente novas posições e relaxe.
  Mas não! Aqueles virgens alados ficaram do lado do Adão babão e ameaçaram afogar Lilith se ela não obedecesse seu "marido". Sem opção, ela abaixou a cabeça e concordou com tudo, mesmo não achando justo. 
   Um outro anjo, chamado Samael, teve pena de Lilith e se aproximou dela, prometendo ajudá-la. Samael não era um anjo qualquer. Ele conhecia a face de Deus (privilégio de poucos). Esse anjo acabou se encantando com a beleza de Lilith (quem não se encanta com uma gata nua?) e os dois se tornaram amantes, mesmo sendo proibido a um anjo ter qualquer relação amorosa ou sexual com um humano. E antes, fosse só isso. Samael ensinou muitos feitiços a Lilith (e eu novamente questiono, por que os anjos podem fazer magia e nós não?) e ela, sentindo-se poderosa e apoiada por um anjo, enfrentou Adão novamente. Os três primeiros anjos vieram novamente e a ameaçaram de morte. Dessa vez, ela não teve medo e os enfrentou (você pode ler a história completa em no Mundo Por Trás Dos Espelhos). Deus a amaldiçoou, transformando-a em um demônio. Mas quem mais sofreu foi Samael que, foi castrado (deve ter doído para car...) e igualmente amaldiçoado. Os dois foram expulsos do Paraíso. Lilith decidiu se vingar quando Deus criou Eva. Eva era sonsa e concordava com tudo o que lhe diziam (Adão devia fazer gato e sapato dela). Lilith se aproveitou de sua ingenuidade (pode chamar de burrice também) para tentá-la a comer do fruto proibido. A Eva comeu a maçã e convenceu o idiota do Adão a fazer o mesmo. E, assim, os humanos foram expulsos do Paraíso.
   
 Quando os anjos viram que estávamos novamente numa boa, eles ficaram mordidos. Era um passatempo observar os mortais. Mas os seres celestiais nunca deviam observar demais (se é que me entendem). Acontece que violar as regras parece excitante (só explica porque tantos deles se rebelaram) e, os Watchers (Vigilantes) que era um grupo de anjos que adora cuidar da vida dos outros, se reuniram às escondidas para verem coisas que eram proibidas a um anjo observar. E, acho que quando nerds virgens veem muita pornografia isso os enlouquece. Os anjos decidiram que também queriam... - Eu estou começando a travar - queriam... "Afogar o ganso". Pronto!  Falei!
   Eles decidiram descer à terra. Eles não pediram permissão. Simplesmente desceram e ponto. Imagine dois mil anjos descendo à Terra de uma só vez (parece o último episódio da oitava temporada de Sobrenatural, eu sei)? A reação das pessoas deve ter sido um misto de medo e fascínio. 
   Os anjos tão belos e bons de lábia logo ganharam a simpatia de todos que se sentiram especiais por agora, viverem entre seres celestiais. Esses anjos se casaram com humanas e, com elas geraram híbridos, os chamados Nephilins (novamente, eu sei que o plural está errado, mas prefiro assim, é mais fácil de falar), que eram gigantes monstruosos. O mundo virou de pernas pro ar. Os anjos ensinaram muitas coisas aos humanos. Coisas que, Deus não queria que soubéssemos. Como a Conjuração De Fórmulas (Armaros), Conhecimento Das Plantas (folhas, flores, raízes), a agricultura, a medicina, como fazer armas brancas (Azazel), a vidência através das estrelas (Barakel), a confecção de joias e cosméticos, etc.
    Chegou uma época em que esses anjos se arrependeram de seus pecados e pediram a Enoch (posteriormente, transformado no anjo Metatron) que intercedesse por eles, junto a Deus. 
  Enoch fez o que os anjos lhe pediram, mas adivinha o que Deus respondeu? Sendo ele tão compreensivo, você não imagina? Eis a resposta de Jeová:

- Vai. Diga aos anjos que desceram dos céus, àqueles que te enviaram para intercedesses por eles; para que você interceda em benefício dos homens e não os homens em seu benefício (ou um homem intercede pelo anjos e não os anjos pelo homem?). Porque estes anjos abandonaram o céu, abandonaram aquilo que é santo e elevado, eterno, e tornaram-se impuros misturando-se com as filhas dos homens, fazendo como as raças da Terra, e ainda, engendrando uma raça de gigantes? Os gigantes são feitos de carne e seus espíritos serão chamados espíritos do mal sobre a Terra; "Terra" que é o seu lugar de morada... Serão espíritos devoradores, opressores, e suas guerras causarão angústias e destruição sobre a Terra. Não comerão, nada beberão e serão invisíveis. Estes espíritos vão se levantar contra os filhos dos homens e suas mulheres porque nasceram deles... Não, anjos rebeldes, vocês não terão paz!

  O resto você já conhece. Mais um simples Dilúvio não seria o bastante para destruir aqueles anjos. A Igreja quer que acreditemos que sim porque é sua obrigação nos fazer acreditar que vivemos em um mundo seguro e, que os monstros só existem nos filmes e livros. Mas não é bem assim. Muitos daqueles anjos se tornaram o que hoje, chamamos de deuses. Eles se multiplicaram e se espalharam pelo mundo. Há inclusive uma hipótese (a qual eu prefiro não acreditar) de o deus Hermes seria, na verdade, seria o arcanjo Miguel, após sua suposta queda. Espero que isso não seja verdade, porque Miguel é adorado como um herói desde sempre e, se ele tivesse mesmo caído, não poderíamos mais confiar nos anjos porque se até o mais forte e elevado guerreiro angelical pode cair, o que diremos de nossos anjos da guarda? Seria um caos absoluto. 

  Os novos e velhos elementais

 

  Dentre os anjos caídos, os mais fortes se auto-denominaram  como deuses, os mais fracos foram rebaixados e chamados posteriormente de Elementais. Os elementais foram encerrados nos quatro elementos naturais; Terra, Ar, Fogo e Água. 
   Porém, os deuses (que outrora foram anjos e arcanjos) queriam esquecer o passado e reconquistar o carinho da humanidade. Como parte da maldição, eles não podiam permanecer nesse mundo por muito tempo, então tinham de habitar outras dimensões. Eles sabiam da natureza curiosa dos humanos, que sempre querem saber o porquê disso e o porquê daquilo. Como o mundo começou e como surgiram os deuses. Então, eles inventaram um passado fabuloso e surreal para eles. Quando estudamos mitologia devemos ter em mente que tudo aquilo que lemos é simbólico. Um enigma talvez. Por exemplo, óbvio que ninguém nunca caiu na história que Afrodite nasceu do esperma de Zeus após ele ter suas bolas arrancadas e lançadas ao mar! Isso seria impossível. Não é porque o cara é um deus que pode fazer isso. Essa história deve ser interpretada de maneira simbólica. Há alguma verdade nisso, mas está contida de forma subliminar no mito.
    
  Os anjos não desistiram de cruzar sua espécie com com a humana e, isso fica bem claro em vários mitos onde os "deuses" se procriaram com humanos, gerando seres belos e fortes, como Hércules, Aquiles e Perseu.
   A ânsia sexual que Apolo e Zeus tinham pelos humanos, não era apenas perversão. Era mais que isso. Eles queriam repovoar o mundo com sua espécie. E eles também criaram novos seres, novos elementais, como as ninfas e os elfos.
  Conta-se que os elfos seriam vermes saídos do corpo do gigante Ymir (se não for esse o nome, desculpem-me, mas acho que é esse mesmo). Ou seja, eles vieram de um deus.
As ninfas, primordialmente, chamadas de Melíades, eram bem diferentes das ninfas que conhecemos hoje em dia. 
  Nascidas do freixo - árvore que simboliza a durabilidade e a firmeza -, as Melíades tinham uma vontade nata de guerrear. Algumas delas são:
  1. Ide (visão
  2. Adrastéia (inescapável)
  3. Amaltéia (alívio)
  4. Adamantéia (indomável)
  5. kinosoure (guardar)
  6. Helike (circular)
  7. Melisse (doçura)
  
Quanto às sereias, sua origem é incerta. Mas, é fato, que elas são muito antigas e, que podem ser anjos caídos. Há uma lenda que conta que a primeira sereia teria sido uma mulher amaldiçoada por sua mãe. Algumas fontes afirmam que essa passagem pode estar na Bíblia, mas não tenho certeza. 
  A palavra sátiro aparece em algum lugar na Bíblia. Como eu atirei minhas bíblias no córrego, vocês podem pesquisar sobre o sátiro no Google. Mas, já digo, desde já, que, ou esses desgraçados chifrudos são anjos caídos e amaldiçoados ou são frutos de uma experiência de laboratório dos deuses. Acho que são uma experiência porque naquela época, os anjos adoravam cruzar a espécie humana, a angelical e a animal. Não sei como esses doidos faziam para misturar três espécies, gerando um híbrido, mas eles o faziam. São anjos, né? Caídos ou não, eles sabem mais do que nós. E, acredito que o mundo tal como conhecemos só é assim, graças a eles. Porque se eles não tivessem nos tirado de nossa ignorância, talvez, ainda vivêssemos como as pessoas de antigamente.

  Estudar sobre isso é muito contraditório, porque há várias versões para o surgimento da vida na Terra.

   Os elementais mais novos (os criados pelos deuses) não podem ser chamados de anjos caídos, mas sim, filhos dos filhos dos filhos dos anjos caídos. Acho que eles não tem nenhuma responsabilidade pelo que houve há muito tempo, assim como nós não temos nenhuma culpa do que Adão e Eva  fizeram. 

As fadas podem ter sido anjos da classe de Azazel. Mas dentre os anjos caídos, a única anja mencionada é Amitiel. Isso porque as mulheres são fracas... Queria ter visto a cara de Deus quando ele soube que só uma mulher caiu e, as outras permaneceram firmes e fortes. Mesmo que as fadas não estivessem na turminha desordeira de Azazel, eu ainda acredito que elas são anjos caídos. Mas não são más. Lembremos-nos porque os anjos caídos desceram à terra; eles queriam ser como nós. Os Nephilins sim causaram grande estrago! Mas e os outros anjos devem ser julgados por quererem o direito de amar, de ter filhos e desfrutar dos prazeres da vida? Como eu disse antes, se Deus quisésse, poderia ter evitado tudo isso, permitindo que os anjos se casassem, ao menos entre eles. Puxa! Eles nunca tiveram um livre-árbitrio. Sempre estiveram condicionados à vontade de Deus. Questionar sempre foi proibido. A eles, sempre lhes foi negado o perdão. Isso lhe parece justo? Nós humanos podemos xingar Deus e ele nos perdoa, se pedirmos desculpas. Mas, imagine se um anjo xingar Deus? Ele é enxotado direto para os quintos do inferno. 
    Nós humanos e os anjos somos irmãos e, como todos os irmãos mais novos e mais velhos, brigamos e disputamos o amor de nossos pais. Os anjos são os mais velhos e se sentem abandonados pelo próprio pai, que prefere seus humanos imperfeitos, a seus filhos obedientes. Acho que eu se eu fosse um anjo, também teria pulado lá de cima. ©
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...