sexta-feira, 22 de agosto de 2014

A diferença entre "SER" e "PARECER"

  Há uma grande diferença entre SER um bruxo ou PARECER ser um. Muitas pessoas escrevem sobre magia, mas não tem a menor noção do que estão escrevendo. Montar um blog e falar sobre magia, elementais e deuses é fácil. Difícil é ver um desses blogueiros arregaçando as manguinhas e agitando suas varinhas. Eu sou do tipo que faço o que ensino. E você? É importante acreditar e praticar aquilo que queremos que outras pessoas aprendam e pratiquem. Primeiro, para termos certeza da eficácia daquilo que estamos garantindo sucesso. E, segundo, para não ficarmos perdidos quando alguém nos perguntar algo a respeito. 
   Eu, por exemplo, mesmo sendo uma wicca, passo mais tempo invocando elementais que observando os sabbats e esbats. Me sinto péssima toda vez que me lembro tarde demais que perdi um festival em homenagem a alguma deusa querida. Amanhã começa A Lua Negra e eu quero aproveitar para agradecer a Hécate por tudo de bom que ela fez por mim. Graças a essa deusa, eu perdi o medo do escuro e do que se esconde no escuro e compreendi que o verdadeiro poder mora dentro de cada um de nós. Em nosso interior. Tudo o que buscamos se encontra em nós mesmos. Não adianta nada tomar posse de um grimório poderoso e se tornar um bruxo pomposo com um nome mais pomposo ainda se você não tiver fé em si mesmo. Você tem de acreditar que é capaz de fazer o que se dispõe a fazer. Não importa se o seu objetivo é atrair uma fada ou um dragão. Não importa se isso desafia a lógica ou se isso parece besteira. É o que você quer? Então, acredite em si mesmo. Você consegue! Eu acredito nisso, as fadas acreditam nisso, só falta você acreditar também! Estou cansada de ver pessoas frustradas porque não conseguem atingir seus objetivos. Vamos nos ajudar, meus amigos. Vamos perder o medo do desconhecido, abrir nossas mentes e acreditarmos em forças superiores a nós. Não importa se você cultua um ou vários deuses ou nenhum. Se está aqui, lendo isso, é uma prova de que algum interesse pelo assunto você tem.  E se não acredita em nada disso, tudo bem. Não vou forçar a barra tentando de convencer a acreditar em fadas e hobbitses. Acredite se quiser. Nós aqui, não fazemos lavagem cerebral e você não será condenado ao inferno se não acreditar em nós. Fique tranquilo. Você vem e vai e nada te acontece. Até porque se fosse simples assim, você ler um post e atrair uma fada... Quem dera, né?
   Bom, eu não quero criticar os outros blogueiros, mas quero que eles digam a seus leitores se praticam ou não aquilo que ensinam. Meus amigos blogueiros e parceiros praticam alguma coisa, mesmo que mínima, mas praticam. E eu sempre observo isso em seus posts. Sim, eu sou uma parceira chata que está sempre lendo o que os seus parceiros escrevem. Não comento muito a respeito para não parecer uma chata invasiva. Mas estou sempre de olho nisso. Quero ser parceira de quem vivencia a magia e não apenas escreve sobre ela. Escrever é fácil, mas praticar é só para os fortes. Quantos blogueiros falam e falam sobre magia e fadas, mas nunca viram ou tentaram ver uma? Muitos. 
   Não precisa ter visto um elemental pra ser um blogueiro autêntico, mas precisa ao menos sacar do que se está falando porque não teria cabimento dizer que um elemental é isso ou aquilo quando na verdade, você nem faz ideia do que está falando.
Eu sou uma bruxa solitária e pratico magia como e quando eu posso, mas sempre procuro escrever sobre aquilo que eu já vivenciei ou estou vivenciando. Não gosto de escrever sobre coisas as quais eu não acredito ou não tenho certeza se existem, como extraterrestres, por exemplo. Podem ser que eles existam, mas enquanto eu não tenho certeza, prefiro tratar sobre eles em O Mundo Por Trás Dos Espelhos, por ser um blog mais pomposo e fictício, no qual, você pode encontrar histórias de vampiros e lobisomens e etc. Eu gosto de separar tudo por temas. Primeiro, porque tenho muito conteúdo sobre determinados assuntos em particular a tratar. E, segundo, porque nem tudo pode ser tratado em um mesmo lugar. Anjos são anjos e fadas são fadas. Apesar de a primeira vista, eles não parecerem tão diferentes assim, eles são sim. Anjos são seres evoluídos e estão acima das fadas; que por sua vez, são criaturas ligadas à vaidade, ao capricho e às paixões mundanas. Logo, percebe-se que os anjos são o oposto das fadas. Isso não torna as fadas más, as torna mais próximas de nós apenas. E está mais que claro que, por mais que busquemos alcançar a perfeição angelical, nunca conseguiremos porque somos humanos e humanos erram, mentem, trapaceiam e sentem. Não que os anjos não sintam, mas eles conseguem controlar seus sentimentos, nós não. Anjos só caem quando escolhem cair. Mas o que pode influenciá-los a caírem? Discutiremos isso em um outro post. Tudo bem?
Por hora, só quero que entendam que nós, como seres humanos somos imperfeitos e cheios de falhas. Cometemos erros atrás de erros. Sentimos medo, dor e paixão. Domar essas emoções é nosso maior desafio. 
   Não podemos fingir ser algo. Temos de ser e ponto. Tudo bem se você ainda não pode praticar magia quer seja pelas crenças de sua família ou por falta de recursos, estude e aprenda o máximo que puder. Se não tem dinheiro para comprar livros, busque os gratuitos que existem pelo 4 shared e o slideshare. Existem livros baratinhos também no Submarino.  Ou então, use a internet a seu favor e leia blogs interessantes (eu sugiro vários vez ou outra). Mexa-se! Se não pode acender velas e incensos, use cristais. Se não te dinheiro para comprar cristais, arranje umas pedrinhas bonitas por aí (roube das praças, uai). Não pode fazer um altar, compre uma imagem de uma fada e consagre ela. Diga que é para enfeite e ponto. Qualquer dia desses, vou ensinar vocês a serem malandrinhos e enganarem os "trouxas". Beleza? rsrs. O importante é que você pratique e que não espere que uma fada simplesmente passe por sua janela sem que você mova um músculo para que ela venha até você.
   Quando uma pessoa pratica magia, isso fica "marcado" em sua aura, como um selo mágico visível apenas para os bruxos e para os elementais e os deuses. Não dizem que um bruxo reconhece o outro? Já parou para pensar por que? As fadas não vão chegar perto de quem não tem esse "selo" gravado em sua aura. Claro que, você não precisa ser um bruxo para ver uma fada, mas se não fizer nada para ver uma fada, não vai ver e ponto. Se está tentando contatar uma através de visualização ou meditação, terá de ter muita paciência porque pode demorar dependendo de sua habilidade em se concentrar. Claro que isso não é um problema para quem já está acostumado a meditar. 
   Visualização é MUITO importante para quem quer ver um elemental, pois é uma das formas preferida por eles para se apresentarem a nós. Novamente, você pode ver um elemental sem praticar visualização, mas terá de ter paciência. Cozinhar em fogo baixo demora. Às vezes, mais do que se imagina.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...